24/10/2011

Perseguição religiosa aos cristãos faz mais uma vítima

O grupo islâmico al Shabaab decapitou um jovem de 17 anos chamado Guled Jama Muktar por causa de sua fé. Os membros desses grupo radical dizem que se comprometeram a expulsar todos os cristãos da Somália. A morte ocorreu no dia 25 de Setembro numa casa perto de Deynile, cerca de 20 km da capital da Somália.

O grupo terrorista Al Shabaab luta pelo controle do país com o governo de transição e possuem laços com a Al Qaeda. No momento eles controlam uma área de cerca de 400km ao redor da capital, Mogadíscio. Entres suas atividades, eles monitoravam todas as famílias de cristãos do Quênia que chegaram à Somália em 2008, inclusive a de Muktar.

Uma fonte que não quis se identificar declarou:  “Eu conhecia esta família e sabia que eles eram cristãos que faziam estudos bíblicos na sua casa toda semana”. Segundo os parentes do jovem, os membros da al Shabaab chegaram na casa deles às 6 da manhã, quando os pais já tinham saído para trabalhar no mercado da cidade.

Os assassinos encontraram Muktar no momento em que ele saia de casa e se dirigia para a escola. Os vizinhos ouviram os gritos e foram informar os pais, que voltaram rapidamente para casa mas encontraram o filho já morto. Eles enterraram o corpo rapidamente, temendo que os militantes voltassem para matá-los também e, em seguida, fugiram para um destino desconhecido.

Nos arredores de Hudur,  região sudoeste da Somália, outro jovem convertido ao cristianismo  foi decapitado no início do mês passado.

Um líder da igreja subterrânea da Somália explica que “É normal para o al Shabaab cortar a cabeça dos que abraçam a fé cristã ou que simpatizam como os ideais ocidentais”.

Embora afirme ser um moderado, o presidente do país, Sharif Sheik Ahmed adotou uma versão da lei islâmica (sharia) que pune com a pena de morte quem deixar o islã. A maioria dos assassinados não são de conhecimento público e só chegam ao ocidente por meio de organizações que  lutam contra a perseguição religiosa como a Portas Abertas e a Compass International.

Fonte: CBN

20/10/2011

Música - Marido evangélico convence Perlla a abandonar a carreira de cantora de funk
 

A jovem espera o primeiro filho do casal e já não está mais fazendo shows

A cantora Perlla resolveu aceitar o ultimato dado por seu esposo e desistiu da carreira de funkeira. A jovem está casada com o evangélico Cassio Castinhol, com quem terá um filho, Calebe, que nascerá em dezembro.

Segundo informações do jornal Extra, o músico pediu para que Perlla escolhesse “ou a carreira ou eu”, e ela aceitou abandonar os palcos. Cassio costumava acompanhá-la nos shows e ficar nos bastidores orando, pois para ele o “funk é coisa do demônio”.

O jornal também cita que a cantora já vinha mostrando menos entusiasmo em suas apresentações e já teria demitido até sua assessoria de imprensa. Outra atitude que provou que a jovem não deseja mais continuar cantando funk, foi o fato dela não se apresentar na Festa Nacional da Música que teve a participação de Ney Matogrosso e Martinho da Vila.

O esposo de Perlla deu a alternativa de ela seguir carreira como cantora gospel e assim desistir do pancadão, mas não há informações sobre os projetos futuros da jovem.

 

23/0/2011

Brasil - Pastor que divulgou outdoor contra homossexualismo chora pedindo para que a Igreja reaja
 

O anuncio foi retirado sem prévia comunicação com a Igreja Casa de Oração que pagou pela peça publicitária

O pastor  Antônio Hernandes Lopes da Igreja Casa da Oração de Ribeiro Preto concedeu uma entrevista ao Portal Cristão News falando sobre a retirada do outdoor criado por eles mostrando mensagens bíblicas que condenam o homossexualismo.

O anuncio foi alvo de manifestações que fizeram com que a Defensoria Pública entrasse com uma ação pedindo a retirada do outdoor. O pastor afirma que não foi comunicado sobre a retirada, mas sabe que a  decisão foi tomada pela vara cível da comarca de Ribeirão Preto, onde o juiz assinou uma liminar com pena de multa.

Mas não foi a igreja quem retirou o anuncio do local. “Quem tirou o outdoor foi o poder público, nós não tiramos o outdoor, nós não negamos à palavra de Deus”, disse o pastor que ainda citou o texto de Romanos 8:33 que diz “Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.”

Hernandes contou que recebeu a ligação do defensor público que ameaçou processá-lo caso ele não retirasse o outdoor, mesmo assim o pastor da Casa de Oração tentou negociar pedindo o cancelamento da Parada Gay (que aconteceu no dia 21), mas o defensor informou que o evento não poderia ser anulado.

Lágrimas
O pastor acabou chorando durante a entrevista. “Eu não choro de tristeza, e sim de alegria, eu clamo a todos os homens e mulheres de Deus nesta terra: acorda Igreja! Acorda para o que estamos vivendo, acorda igreja que dorme! Eu não estou chorando porque eu estou com medo, eu estou chorando porque eu estou vendo uma igreja morta! Dormi em um país democrático e acordei em um país ditatorial!”

Fonte: Gospel Prime

08/06/2011

 

O PANIC (Partido Anticonstitucional dos Numerosos Inimigos do Cristianismo) pretende apresentar, em breve, o PLC 666 (Projeto de Lei do Cão, número 666).

O autor do aludido projeto de lei é o conhecido deputado federal Adolf Nero Diocleciano, que já manifestou o desejo de queimar exemplares da Bíblia em praça pública. Ele alega que esse livro é altamente hamartiofóbico, isto é, incentiva o preconceito e a discriminação contra os pecadores.

Conhecido por sua luta pelos direitos do movimento LABAS (Liga dos Adoradores da Besta Apocalíptica e Simpatizantes), Diocleciano tem como meta eliminar toda e qualquer influência do cristianismo no Brasil. Ele pretende, com o PLC 666, proibir os Cristãos de difundirem passagens da Bíblia que condenem o pecado.

A nova lei, se aprovada, contemplará punições para diversos crimes, como a idolatrofobia, a pornofobia, a adulterofobia, a sodomofobia, a pedofilofobia, a efebofilofobia, a latrofobia, etc. O objetivo é diminuir a quantidade de mortes e agressões contra determinados tipos de pecadores. Segundo o DataSodoma e o Ibopedof, o Brasil é campeão de assassinatos e agressões contra sodomitas, pedófilos e efebófilos.

Pregadores, escritores, articulistas e editores de blog que vierem a cercear, de alguma forma, o direito dos pecadores de pecar em paz, sem serem incomodados, em qualquer lugar, serão punidos exemplarmente. Não se permitirá que, num Estado Democrático de Direito e Laico, alguém emita qualquer opinião a respeito dos pecados que as pessoas quiserem cometer…

Desligue agora o modo [ironia]. Haja o que houver, os Cristãos que se prezam não se calarão, ainda que sejam condenados à morte. E continuarão pregando o santo Evangelho, que apresenta, não só o amor de Deus, mas também a sua justiça.

Fonte:  The Christian Post 

 

Esclarecimento do Editor do Noticias Gospel:
Todos os personagens e siglas, existente no texto, são hipotéticos. Foi a forma que o Pr Siro Shances Zibordi encontrou para ironizar o nefando e anticonstitucional PLC 122.

Ciro Sanches Zibordi é pastor, escritor, articulista, palestrante em escolas bíblicas. Autor dos best-sellers “Erros que os pregadores devem evitar” e “Erros que os adoradores devem evitar”das obras, além de “Mais erros que os pregadores devem evitar”, “Evangelhos que Paulo jamais pregaria”, “Adolescentes S/A”, “Perguntas intrigantes que os jovens costumam fazer” e “Teologia Sistemática Pentecostal

 

 

DICAS PARA OS MÚSICOS, Cantores e obreiros - USO DO MICROFONE

Uso do Microfone

A qualidade de som na igreja depende de vários fatores. Vamos comentar aqui somente o fator microfone da voz. Voz do pastor, voz do líder de louvor, dos vocalistas ou até a voz de um irmão que vai até a frente repentinamente para dar um testemunho. Como tirar um proveito melhor destes microfones?

Primeiro, é necessário ter consciência e um pouco de conhecimento por parte dos usuários. É muito simples!

Em geral, os microfones funcionam basicamente da mesma forma (do mais barato ao mais caro). Segurando um microfone na mão ou estando na frente de um microfone preso em um pedestal, é importante certificar-se de que ele esteja apontado para a boca, na direção em que o usuário estiver falando. 

É comum ver pessoas segurando o microfone paralelamente ao corpo com a cápsula em direção ao teto e não em direção à boca. Esse cuidado é necessário por causa do "eixo de captação" do microfone. Uma regra bem simples irá ajudar a entender melhor sobre o "eixo de captação". Imagine que o microfone seja uma lanterna (essas de pilha que se leva no porta-luvas do carro). Se seguramos a lanterna paralelo ao corpo, ela irá iluminar o rosto mas com o foco apontado para cima. Ao direcionar a lanterna para a boca, o foco estará no local certo.

Pense no microfone como sendo uma lanterna e "ilumine" sua boca, mantendo-o a uns dez centímetros de distância. É a posição em que o microfone estará captando a voz com melhor qualidade.

Em segundo lugar, o operador da mesa de som tem que estar ligado ao que está acontecendo no culto. O operador (ou técnico) também é um adorador e, como tal, deve estar atento às necessidades do encontro. Um vocalista pode fluir em cânticos ou palavra profética no meio da adoração. Isso tem que ser valorizado por quem está na mesa. Neste momento, levante o volume do microfone e retorne depois para onde estava. 

Às vezes um irmão vai à frente compartilhar uma palavra e utiliza o microfone de alguém. Neste momento é necessário um ajuste momentâneo naquele microfone. O técnico de som é o responsável por fazer audível tudo o que Deus esteja falando em um encontro da igreja. Essa é a adoração do técnico.

Então, a consciência por parte dos usuários e dos técnicos ajudará bastante nos cultos. Claro que existem mais coisas que poderiam ser feitas, mas essas duas dicas ajudarão bastante a melhorar o som durante o culto.

© 2010 Todos os direitos reservados.

Crie o seu site grátisWebnode